domingo, 11 de janeiro de 2009

Tenho tantas...

... coisas prá contar! Faltaria espaço nesse blog... Ai, meu Deus! Às vezes acho que não vai dar pé - parafraseando Titãs! Tenho que contar que ontem foi dia de "laundry"! Que consegui achar o sábado perfeito e que ele vai se repetir! Que este mês parece que não vou empatar com o dinheiro, acho que estou prá vencer esse jogo da economia! Que ontem eu fiz uma massa com um molho de queijo! Que a academia só começa amanhã! Que comecei um jogo novo no The Sims! Que choveu! Que fez sol! E que choveu, DE NOVO! Que a Meg aprendeu a pedir colo e comida! Que o Gato Sammy virou um chicletinho! Que o Tico, gatinho da Claudinha, foi parar no meu desktop e "salvou" a gente de uma roubada! Que a Nah me deu um monitor/tv de 22" no Natal! Que agora eu tenho TV no quarto outra vez! E que já pedi meu ponto extra prá SKY! Que comprei dois livros novos - Os Contos de Beedle, o Bardo - J.K.Rowling - e mais um livro de Artemis Fowl - o menino prodígio do crime.

Mas eu fui abrindo os sites todos que eu leio todos os dias e quando cheguei ao site da Globo, vi a chamada para a mini-série sobre Maysa! Ai que tristeza!!!! Já me vieram as lágrimas... Lembram que eu disse que ia ver? Pois é. Não vi. Não aguentei. Óh, my goodness! No primeiro dia, tive algum imprevisto e não consegui assistir ao primeiro capítulo! Droga! Mas no segundo dia, eu chorei tanto vendo como era a história dela, a infância, a relação com o então ex-marido, o tal do Bôscoli - ô sujeito "sem coração" -, que desisti! Como sofreu, meu Deus! Era um espírito livre, mas em constante erupção... Amou muito, mas não foi amada como merecia... Eu acho! Vou esperar prá ver em DVD, porque aí eu vejo de dia. A noite é assombrada. À noite tudo piora. Tudo fica mais difícil, à noite. Não gosto da noite. Nem prá dormir. Pois é. Esquisito, né? É, bem esquisito...

Aqui, um trechinho do primeiro capítulo...



Neste link aqui é possível ir assistindo aos capítulos na internet. Se fores assinante da Globo.com, dá até prá ver na íntegra.


Eu sei que ainda estou devendo o resto das fotos da praia, o tal do laudry e o sábado, mas eu chego lá, prometo!
Share and Enjoy:
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • blogmarks
  • Fark
  • Furl
  • Live
  • NewsVine
  • Reddit
  • Slashdot
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • YahooMyWeb

10 comentários:

  1. Ai, como foi que meu Tico te "salvou" fiquei curiosa ou não entendi???
    kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Estou adorando Maysa, Lu!

    Os cenários, figurinos... a maquiagem do Fernando Torquatto que deixou a atriz parecidíssima.

    Era uma vida muito intensa. E de uma imprensa malvada (como é atualmente).

    Outro dia conversando com a minha irmã sobre a Amy Winehouse, "filosofávamos" sobre essa ânsia dessa vida boêmia que ela tem. E eu dizia que pra mim, a Amy era um espírito antigo, talentoso e com coisas a resolver com equilíbrio.

    Maysa era assim tb. Pena que a massa sempre lembra dela como "bêbada" e "vagabunda". Mas, Leila Diniz não era muito diferente e é lembrada por ser "ousada", por quê? Elis Regina era mais "santa" que a Maysa? E até hoje a Rita Lee é lembrada como?

    Enfim..... filosofando, aqui, no seu boteco.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. E ainda.....

    Ehehehehe, sabe como é boteco, né?

    Então....

    O Jayme Monjardim foi escolher pra se casar (pela última vez) com uma cantora morena, de olhos claros e meio.... gordinha.

    Será o Complexo de Édipo atacando?

    Só filosofando.... toma mais uma aí, Lu.

    Hic!

    ResponderExcluir
  4. ah, eu também achei tudo lindo na minisérie... mas tão, mas tão, mas tão triste! meu Deus! eu me acabo de chorar vendo a tal.

    e esse tal de Bôscoli, fala sério, que raiva, meu! ele foi marido da Leila e da Elis também, não foi não? bisca! kkkk...

    mas vamos tomar todas, então, amigas! kkkk

    pois é... essas catarses que as pessoas fazem dos seus "negócios mal resolvidos", né? pode ser que sim. faz bastante sentido aí essa tua filosofia... hehehe...

    ResponderExcluir
  5. hummmm, deve ter sido a visão!
    rs
    :)

    ResponderExcluir
  6. Oi Luzinha! Sou de Rio Grande, e uma imortal tricolor como tu. Agora vi que temos mais alguma coisa em comum: angústia noturna. Há algum tempo visito teu blog apesar de nunca haver comentado.
    Também estou curiosa sobre o salvamento do Tico.

    ResponderExcluir
  7. ô, garçon!? traz mais uma aí, pliz!?

    seguinte elemento. atendendo a pedidos, vou contar aí a história do "salvamento do Tico"...
    nós temos uma bananosa prá resolver com um inquilino nosso. uma bem grossa. de dinheiro. como eu contei prá Claudinha, não é por falta de, mas envolve o, entenderam? kkkk

    bem, a Nah chegou um dia dessa semana em casa e viu o calendário do Tico no meu desktop e lembrou que a gente estava pensando nos meses errados e o problema do dinheiro, na verdade, não existia. nós estávamos nos confundindo com as datas, entenderam?

    bem, prá nós foi um alívio enorme, porque, apesar de não ser muito dinheiro, seria muita incomodação e se livrar duma incomodação não tem dinheiro que pague, não é verdade?

    pois é! agora o Tico é nosso ídolo mor! quando a coisa engrossar aqui, vamos chamar... "valei-nos São Tico" e ele não há de falhar... kkkk...

    Claudinha o calendário é poderoso!
    bjus prá vocês!

    ResponderExcluir
  8. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, elemento! São Tico! kkkkkkktu é ótima Luzinha!

    ResponderExcluir
  9. Oi miga!!

    Acesse esse post:

    http://casinhaparagatos.blogspot.com/2009/01/selo-blog-dorado.html

    Tenho um Selinho de presentinho p vc!

    Bjuss

    ResponderExcluir
  10. Kkkkkkk!!
    Adorei a estória do salvamento!!
    Beijocas

    ResponderExcluir

Eu conto, tu comentas. Tri legal!